quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Seres Divinos


A luz sempre é presente
quando a tua janela está aberta.
O amor sempre conforta
quando assim a tua vontade permite.
Deixa fluir em ti os rios da criação,
para que estes te possam trazer a alegria de ser e de estar
em harmonia com tudo o que te cerca.
Tudo tem um porquê,
nada está solto das mãos de Deus.
Ainda ontem, havia um certo vazio,
hoje já não está mais aqui.
Alegra, alegra coração.
Há tanto ainda para descobrir...
Quantas estradas, quantos sóis e luas
ainda brilharão no nosso percurso...
Desanimar é deixar de ser.
Um filho de Deus, por natureza, traz o encanto,
a doçura, a alegria mais pura
em si pelo simples facto de ser quem é.
Alegra coração, alegra coração...
A vida ainda pulsa e as colinas ainda estão lá,
tão verdes, tão entregues aos ventos mornos,
as chuvas do outono e do inverno...Sente, é apenas gratidão,
por ti, por mim e por tudo o que nos tem acontecido
neste caminho tão sagrado, tão real.
Abraços e beijinhos.
José







Enviar um comentário