quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Não devemos cair na ilusão...




 




Somos frequentemente tentados a pôr o que é provisório

no lugar do definitivo,
o material à frente do espiritual,

a considerar o dinheiro mais valioso do que a consciência,

o ter como mais forte que o ser.
Somos induzidos a divertirmo-nos mais do que cumprir
deveres.
Falamos antes de escutarmos.
Procuremos o que nos dá segurança,

um sentido de eternidade, de verdade.
Deixarmo-nos levar por ilusões,

com coisas que hoje existem e

amanhã não, é perda de tempo e gasto de energias.
Separemos o real do ilusório.
Não compremos "gato por lebre", diz o ditado.

Abraços e Beijinhos.
José
Música de Fundo: Benny Benassi - Illusion

Enviar um comentário