quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Ana Moura - Leva-me aos Fados




Chegaste a horas
Como é costume
Bebe um café
Que eu desabafo o meu queixume
Na minha vida nada dá certo
Mais um amor que de findar
Me está tão perto
Leva-me aos fados onde eu sossego
As desventuras do amor a que me entrego
Leva-me aos fados que eu vou perder-me
Nas velhas quadras que parecem conhecer-me
Dá-me um conselho que o teu bom senso
É o aconchego de que há tempos não dispenso
Caí de novo mas quero erguer-me
Olhar-me ao espelho e tentar reconhecer-me




Abraços e beijinhos.
José


Enviar um comentário